Glioblastoma Multiforme - aprender a viver com ele

quarta-feira, outubro 25, 2006

Esperanças em baixa :(

pois é... mais uma consulta arrasadora... O Dr. BM é simpático, mas distante... num registo um tanto ou quanto parecido com o Dr. LA. Começo a perceber um certo denominador comum nas palavras dos médicos que tenho encontrado... Não me agrada... Pensarão vocês "O que não te agrada é a verdade"...

Pois discutamos a verdade: a mãe tem um tumor cerebral muito grave, fatal. Está a ser tratada, bem tratada com o melhor tratamento standard que há no mundo para estes casos (um protocolo designado STUP). Não há vantagens em entrar em estudos experimentais porque lhe vai retirar qualidade de vida. Vamos actuando enquanto for possível. Temos de encarar o inevitável.


Agora a minha verdade (desculpem mas não penso que valha menos do que a dos médicos): A mãe está doente, sim (descrito em cima). Mas... Há sobreviventes! A filosofia de tratamento utilizada em vários hospitais no mundo passa por combinar protocolos, medicações ou suplementos potenciadores dos efeitos da quimiterapia, organização alimentar priveligiando certos alimentos, adopção de estilos de vida saudáveis, enfim, tentar até conseguir... E é isso que permite que haja sobreviventes... A tónica é a esperança. Repito, há sobreviventes.

A minha questão agora é, porque é que eu tenho de me conformar? Nao sou pessoa de me conformar, nunca fui. Não aceito a derrota de braços cruzados. Quanto mais leio, pesquiso e sei mais esperança tenho. Claro que quando tenho consultas como a de ontem fico arrasada, choro... Custa ver alguma inércia... Sinto-me no direito de exigir mais... Acho que devia haver uma associação de doentes e familiares para se poder discutir ideias, partilhar experiências, mas parece-me que não há.

Vou escrever para alguns dos sobreviventes da página: http://www.coed4.org/Survivor_Stories.htm a perguntar-lhes o esquema de quimio que utilizaram.

É esse o meu próximo passo.

2 Comments:

  • Este comentário foi removido pelo autor.

    By Blogger alexandra, at 5:00 da tarde  

  • Ola, boa noite!
    Por favor, gostaria da sua ajuda!
    Quanto à todos aqueles suplementos que o Dr. Ben Willians recomenda, conversei com os medicos, mas eles não são a favor de tomar nada concentrado(em capsulas). Apenas consumir as substancias na alimentação, e por mais que a alimentação seja rica, é impossivel conseguir consumir tudo o que ele recomenda.Por favor, queria saber como você tem feito com o sua mãe? quais suplementos ou remedios complementares você considera mais importantes?
    Muitos obrigada desde já,
    Paula.

    By Blogger Paula G, at 3:59 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home